x

CONCURSO DE REDAÇÃO:Bianca Marques

A segunda redação do Concurso de Redação a ser publica é da aluna Bianca Marques. Parabéns!

iaddddddddddddd

           As primeiras escolas surgiram entre as civilizações da mesopotâmia e a do Egito, com o intuito de transmitir o ensinamento aos jovens. Durante o percurso histórico até o século XVIII, quando sofreu suas primeiras mudanças, por exemplo, nas salas de aula, a maneira como era transmitido o conhecimento do professor para o aluno. Nos dias de hoje, a educação ainda é um dos importantes pilares na formação dos indivíduos e grande parte está vinculada com as escolas.

            Vale a pena destacar aspectos bilaterais ligados ao tema. Por um lado, a educação auxilia na formação do estudante, do seu caráter, em sua maneira de pensar como ele irá agir em sociedade. Por outro lado, inúmeras mudanças que a educação sofreu até os dias atuais, uma delas causou a queda na qualidade do ensino público. Fator que reflete em pesquisas realizadas como a que a Alfa e Beta realizou em que apenas 10% dos alunos no ensino médio atingem nível satisfatório. Assim, é decepcionante como os jovens brasileiros de baixa renda se encontram em tamanha dependência da educação pública que não é eficaz.

            Inúmeros fatores explicam o motivo da educação pública estar em tal situação. Entre as causas temos a qualidade precária da estrutura física dos colégios, principalmente no ensino médio, pois é quando o aluno está se preparando para decidir seu futuro profissional. É nestes locais onde mais ocorre, por exemplo, a superpopulação das salas de aula, a falta de professores, a falta de incentivo aos alunos e a escassez dos materiais didáticos.

            As consequências se dão ao fato dos alunos e estudantes das escolas públicas estarem em desvantagem de aprendizado comparando-se com as escolas particulares, fator que não deveria existir. Pois, o papel do Ministério da Educação, assim como a do governo são acima de tudo visar uma educação de qualidade, e que a supra durante este percurso. Logo, analisar essas duas facetas questionáveis é essencial para a melhoria na educação pública.

            Cabe ao indivíduo como parte da sociedade exigir o que é seu por direito, no caso, uma educação de qualidade. Compete ao governo, isto incluso o Ministério da Educação, uma reforma estrutural como também educacional. Ou seja, como o intuito de igualar o nível de aprendizado das escolas públicas e particulares, com isso não seria necessário cotas para “igualar” os estudantes. Assim, estariam nas mesmas condições na hora de prestar vestibular, na escolha de seu futuro profissional.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s