x

CONCURSO DE REDAÇÃO: Daniela Balduino

Nota do Ócios: Neste semestre, o Ócios de Ofícios firmou uma parceria com o Cursinho Popular da FDRP. Essa união rendeu a organização de um concurso de redação entre os alunos do Cursinho Popular. A redação tinha que seguir o padrão de dissertação para o Enem e o tema era: “Realidade do Ensino Médio no Brasil”. O propósito do concurso era ao mesmo tempo incentivar a escrita nesse momento tão importante para a formação social dos alunos e abrir caminhos para a reflexão sobre a sociedade que os cerca. Além de trazer um maior contato entre os alunos do cursinho e os discentes da FDRP. O concurso foi realizado com muito sucesso e agora publicaremos aqui um texto selecionado. Agradecemos o CPFDRP, por abrir a possibilidade de realizarmos essa parceria tão enriquecedora. Reconhecemos que o Cursinho é uma entidade grandiosa com uma função social educativa que quebra paradigmas dentro da nossa faculdade. Agradecemos também as alunas e alunos que mandaram redações para nós: Beatriz Alciere, Beatriz Bonicenha, Bianca Marques, Daniela Balduino, Igor Souza, Isabela Veloso, Rafaela Simão e Sabrina Marques. Além do texto publicado nessas páginas, outros textos do projeto podem ser lidas no site do Ócios de Ofício. Sem mais delongas, vamos ao texto:

Por Daniela Balduino

Paulo Freire, educador e filósofo, define a educação como instrumento de transformação de indivíduos que por sua vez são capazes de transformar o mundo. A parte dessa análise é possível entender a importância da educação na sociedade. O Brasil, atualmente, enfrenta muitas adversidades nessa área, principalmente no ensino médio que apresenta problemas de evasão e mau desempenho de alunos.

O abandono escolar tem números alarmantes no Ensino Médio. Segundo pesquisas do Instituto Alfa e Beto, apenas 50,22% dos jovens matriculados concluem essa etapa do ensino. Essa grande evasão é um dos principais dilemas da educação contemporânea, visto que a escola se tornou monótona, pois as aulas são excessivamente teóricas e não apresentam um diálogo com a realidade do jovem brasileiro. Faz-se necessário, portanto, desenvolver um programa curricular que mantenha o interesse dos estudantes, bem como os prepare para o mercado de trabalho.

Além disso, estima-se que apenas 10% dos concluintes do Ensino Médio demonstram níveis de conhecimento adequados. Problemas como estrutura precária e desvalorização de docentes nas escolas pú- blicas compõe o contexto de crise na educação brasileira, evidenciado pelos dados tanto de dispersão quanto de desempenho dos alunos. Esses jovens que saem da escola sem a formação esperadas vão ser inseridos no mercado de trabalho em posição de desvantagem, logo a precariedade da educação pública mantém estruturas de desigualdade social.

iadddddddddddddConsequentemente, a elaboração de um novo programa curricular para o Ensino Médio brasileiro deve levar em consideração a realidade do jovem e procurar adequar a escola a sua realidade. É dever do poder público investir mais no âmbito educacional a fim de promover melhorias na estrutura, como implantações de laboratórios e tecnologias nas escolas, bem como a valorização e capacitação de profissionais docentes. Ademais, as Organizações Não Governamentais (ONGs) que trabalham nesse setor podem ser importantes aliadas no desenvolvimento de projetos que proporcionam um ensino mais humanizado. Por fim, uma educação de qualidade e de amplo acesso é capaz de amenizar os problemas sociais presentes no país.

Um comentário em “CONCURSO DE REDAÇÃO: Daniela Balduino

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s