x

De cálices às caravanas, do sangue à saliva e suor

6979

Por PedroSberni Rodrigues – TX

Alexandre Vannucchi Lima. Este nome remonta à década de 1970, onde o clima político fervia e o movimento estudantil, duramente reprimido, tentava, aos trancos e barrancos, afastar cálices, segurar flores e, acima de tudo, ser escutado como órgão de representação que é. Assassinado pelo DOI-CODI, Vannucchi tem seu nome marcado para sempre com a refundação do Diretório Central dos Estudantes da Universidade de São Paulo, também conhecido como DCE Livre da USP, entidade que esteve presente em momentos históricos para a sociedade brasileira e mater de grandes protagonistas da política nacional. Tal instituição tem o papel crucial de ser representante geral dos alunos da Universidade de São Paulo, representando todos os campi e cursos, graduação e pós-graduação.

Representatividade e poder de decisão são institutos constantemente requisitados pelos discentes no campo acadêmico Uspiano, e com razão, sabe-se que apesar de muitas universidades no Brasil já possuirem sistemas de maturação democrática maior, com participação igualitária dos componentes da academia em decisões importantes – como eleições para cargos centrais, a Universidade de São Paulo remonta estruturas corporativistas e sistemas hierárquicos quase medievais, pouco democráticos e ainda menos lógicos, dispersando seu potencial de grande força, produção e protagonismo em disputas ilusórias de egos que consomem grande energia e, às claras, resultam em pouca concretude de pensamentos e ações.

A oportunidade de aumentar a força estudantil passa, necessariamente, pelo fortalecimento das instituições de representação desse movimento, uma vez que são, essas, portas para a comunicação. Comunicação, essa, que empodera, por si só, ao ponto de vista de grandes filósofos contemporâneos como Jurgen Habermas. As possibilidades objetivas de se pleitear mudanças, alçar representação e integrar de maneira cidadã o ambiente são maiores e mais vigorosas caso se canalizem essas energias para os órgãos que têm, justamente, a função de serem porta-vozes dos requerentes em questão. Daí, a importância de que aqueles que pedem democracia terem a responsabilidade democrática de exercer o direito acerca das eleições para o Diretório Central dos Estudantes, escolhendo, organizando, ouvindo nossas vozes e falando.

O diálogo constrói pontes e é a forma mais eficiente de fazer funcionar as instituições, uma vez que essas são formadas por seres humanos. É de grande valia que se dialogue com os grupos que estão buscando representar todos os estudantes, a aproximação traz força para o Campus de Ribeirão Preto e para os anseios que compõem nossa realidade.

À luz do patrono que leva o nome do DCE Livre, apresentado ao início das considerações, denota-se que nem sempre as portas institucionais estiveram abertas, sequer por frestas. Deve-se honrar o sangue derramado por ele e tantos outros com seriedade ao encarar os processos de eleição e democracia os quais nós, estudantes, temos a oportunidade de representar e ser representados, com a competência de saber ouvir e falar, em todas as manifestações que se faz nessa pluralidade de origens, pensamentos e expectativas que formam nossa realidade, para que assim, portas nunca mais se fechem e as gotas derramadas sejam de saliva e suor.

Raul Seixas, no ápice de sua genialidade, deixou-nos assim:
“É sempre mais fácil achar que a culpa é do outro
Evita o aperto de mão de um possível aliado, é…
Convence as paredes do quarto, e dorme tranqüilo
Sabendo no fundo do peito que não era nada daquilo

Coragem, coragem, se o que você quer é aquilo que pensa e faz
Coragem, coragem, eu sei que você pode mais”

As eleições estão ocorrendo nos dias 7,8 e 9 de novembro em todo o campus. Dê a você mesmo a oportunidade de poder decidir quem o representa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s