x

Mente Inquieta e Coração Acelerado

Ansiedade em tempos de coronavírus: especialistas indicam como não perder o  controle - Jornal O Globo
Imagem: Shutterstock

Por Isabella S. Carvalho (ig: @refle.xiva – @isc.y)

Conviver diariamente com ansiedade não é tarefa fácil não, os problemas parecem não ter solução, cada obstáculo no caminho parece o fim, acordar de manhã é terrível, porque a angústia toma conta do coração e estremece o corpo todo; dormir então, nem se fala, é a tarefa mais árdua do dia, deita-se a cabeça na cama e mil pensamentos vêm perturbar e roubar a tranquilidade que uma boa noite de sono traria.

O pior de tudo é ver como as pessoas banalizam a ansiedade, o mais comum é ver todo mundo se auto diagnosticando e fazendo pouco dessa doença e de quem tem que conviver com ela. Todos sentimos ansiedade sim, contudo, nós que somos diagnosticados com a doença levamos uma vida diferente, pois não são só alguns momentos que nos causam angústia e sofrimento e sim todas as situações do dia a dia que parecem simples para outras pessoas, por exemplo, levantar da cama e saber que tem muitas atividades para serem realizadas, muitas pessoas, levantam, lavam o rosto e vão a luta, sabem que devem fazer e fazem, mas para nós é diferente, já é complicado criar coragem e levantar da cama (alguns chamam de preguiça, mas isso porque são pobres de espírito e desconhecem empatia), depois tranquilizar a mente para que ela não crie obstáculos tão grandes que não possam ser ultrapassados e a luta começa desde esse momento.

Por isso é muito difícil, hoje, alguém levar a sério uma pessoa ansiosa, porque o mundo banaliza esse sentimento, banaliza as emoções que nos preenchem, pelo simples fato de não compreenderem e não conseguirem se colocar no lugar do outro.

A nossa luta é diária e da trabalho, mas nós conseguimos superar e enfrentar cada dificuldade, mesmo que isso nos custe muitas lágrimas, crises… Nós somos capazes de superar tudo. Se me permitem um “conselho”, quando a crise bater na sua porta, sinta ela por alguns instantes, pegue o travesseiro, coloque o rosto nele e grite, com todas as suas forças, depois levante e vá tomar um banho bem quentinho, com direito a lavar o cabelo e ficar uns minutinhos sentada no piso com a água quente sobre as costas (cuidado para não gastar muita água rsrs), em seguida se troque, passe seu melhor creme, seu melhor perfume, se olhe no espelho e repita bem alto: “VOCÊ É FORTE! VOCÊ CONSEGUE! VOCÊ PODE TUDO! VOCÊ É FODA! BORA PRA LUTA!” Com certeza não resolve tudo, não elimina os sentimentos ruins para sempre, contudo, nesse breve momento, é você cuidando de você e seu corpo e mente entendem isso e respondem com coragem e força de vontade!

De uma ansiosa para outra, desejo que você ultrapasse toda essa fase de cabeça erguida e com orgulho de cada pequena conquista sua e principalmente, que deixe as pessoas que te julgam de lado, pois ninguém conhece a sua história melhor que você mesmo e ninguém merece mais vencer essa batalha que você mesmo!

E aí? Bora pra luta?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s