x

Inocente sempre

Por Lucca Vinha Vigneron(Jejum – TX da FDRP)

Lula não foi inocentado. Sempre foi inocente. Seja juridicamente, uma vez que não ocorreu o trânsito em julgado de sua sentença penal condenatória, seja moralmente, uma vez que sempre foi claro e evidente a gigantesca fraude que era todo o processo. Tiraram tudo de Lula. Desde seus direitos políticos até o de luto. Mas jamais conseguiram tirar sua inocência.

A decisão de Fachin é uma bomba atômica política. E uma bomba não apenas porque coloca Lula novamente no páreo, mas, principalmente, porque tira a esquerda da posição de defesa que estamos desde 2013 e nos recoloca na ofensiva. Em apenas cinco dias de sua absolvição e três de um dos discursos mais memoráveis da história política brasileira, Bolsonaro usa máscara, defende a vacinação e coloca um globo em sua mesa; o atual e ex-presidentes da Câmara dos Deputados defendem Lula publicamente; Lula e o PT viram assunto mais comentado em todas as redes sociais em meses; o número de filiações semanais do partido cresceu mais de 800% nos últimos dias… Em menos de uma semana avançamos mais do que no último ano inteiro.

Avançamos porque agora a oposição – e aqui quero dizer a parcela da população, e não as lideranças partidárias – tem candidato. Se tem uma coisa clara e incontestável é que Lula foi escolhido por aclamação como o adversário de Bolsonaro em 2022. Uma escolha que foi muito além da militância petista, chegando a setores que há muito viraram as costas para o partido. Apenas isso explica as duas pesquisas divulgadas após a anulação das condenações, que colocam Lula isolado na disputa com Bolsonaro.

E aqui fujo do roteiro para dizer que essa é a única decisão correta. E não digo correta devido a lógica eleitoral, digo porque é a melhor e mais preparada pessoa para liderar o Brasil. Sequer preciso mencionar sua história e seus feitos para justificar, isso já é público e notório. Ele é essa pessoa por sempre colocar o país e seu povo em primeiro lugar. Mesmo sendo difamado e caluniado por quase uma década diariamente, se hoje tivemos a maravilhosa notícia da compra de mais de 40 milhões de doses de Sputnik V é por causa desse homem. É por causa do presidente de honra que ainda temos o mínimo de respeito global que nos resta. E fez isso sem dizer uma única palavra ao público ou à mídia. Fez porque era o certo e não porque é parte de uma grande campanha de marketing, como João Dória e Bolsonaro vem pautando suas atuações desde o início da pandemia. 

Pela primeira vez em quase 8 anos temos a possibilidade de pautar a política nacional ao invés de continuar apenas reagindo. E Lula no jogo é a maior pauta do jogo. Apenas atacar Bolsonaro não vai tirá-lo do poder, precisamos fazer aquilo que a esquerda fez muito bem nos anos 1990 e 2000, se perguntar “qual o Brasil que queremos?” e formular a construção desse Brasil. Pandemia, empregos e fome são apenas alguns dos assuntos que devemos focar nossa formulação e atuação política. 

Sendo que agora temos um garante para esses projetos. Da mesma maneira que a reputação de Lula garantiu vacinas vindas de outros países, a mesma reputação, de quem já construiu um Brasil que sonhamos, vai ser o garante internamente. 

Antes de finalizar, é fundamental lembrar que o STF não é herói e que a situação vergonhosa que o judiciário do país se encontra é sua responsabilidade. A corte se acovardou durante anos e permitiu que a Lava Jato destruísse tudo que foi construído em 13 anos de governos petistas, agora estão apenas tentando reparar esses erros que, apesar de seus melhores esforços, são irreparáveis.

Irreparáveis para o país, mas em seu discurso está claro que o Homem está apenas focado em reconstruir o que foi destruído ao invés de se vingar de todo o mal que sofreu. Não é a justiça que vai reparar o estrago que foi feito à Lula e sua família. É o Povo. E o primeiro passo já foi dado, o escolhemos para encabeçar a luta pelo Brasil que queremos.

Podem me chamar de ultra otimista ou até mesmo de ingênuo, mas ninguém pode negar que há tempos a conjuntura não permite que sonhemos um pouco. Não sou eu que vou deixar de aproveitar esse simbólico relento que reenergiza nossa militância. 

Agora vamos lá construir com Lula um Brasil Feliz de Novo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s