x

Medo de ser você

Por Mateus Braga – TXIII da FDRP

O medo sempre fez e continua fazendo parte da história de todos os LGBTs, medo da não aceitação, de sair na rua de mãos dadas com quem você ama e ser repreendido por pessoas que desconhecem sua história e sua caminhada!

Ser LGBT é acordar todo dia com medo da violência, da discriminação e da intolerância. Medo do pensamento mau, dos olhares duvidosos e dos cochichos.

Aos poucos você percebe que nem todos te aceitam tão bem assim! “Nossa, para que beijar em público?”, “Não tem necessidade em andar de mãos dadas”, “O que meu filho vai pensar”, “Qual o motivo de ser assim?”. Essas e outras frases fazem parte da rotina de um LGBT. Triste e angustiante é ouvir da própria família que preferem um parente traficante do que um parente “viado”. Ser LGBT é lutar todos os dias por mais igualdade, lutar para não ser agredido na rua, lutar contra a sociedade que não entende o que você sente. Ser LGBT é lutar por igualdade, contra o medo de ser expulso de casa ao se assumir, lutar para não chorar, para não cair e não conseguir se levantar. Ser LGBT é ter medo de ser você.

Como se percebe, ser LGBT é lutar todos os dias para conseguir vencer, para um dia olhar para trás e ver a caminhada difícil e intolerante que percorreu e, assim, poder sambar na cara da sociedade todas as suas conquistas. Ou nem isso, talvez você morra pelo caminho, agredido em uma rua qualquer, pelo simples fato de ser você!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s