Representação Discente

Processo Seletivo de Mestrado – Edital 077/2021 – Faculdade de Direito de Ribeirão Preto (FDRP – USP) Orientações Gerais de Estudo – 2ª Fase

Por Representação Discente da Pós-Graduação


2ª fase: prova de conhecimentos específicos – 16.05.2021

Orientações Iniciais

  • A primeira preocupação, evidentemente, deve ser o preenchimento dos requisitos formais de aptidão para essa etapa: (i) a inscrição tempestiva no processo seletivo, com o devido pagamento das taxas; e (ii) a comprovação de proficiência em idioma estrangeiro (vide item 3.1 do Edital).
  • Em seguida, o conteúdo a ser estudado e masterizado para essa etapa do processo seletivo dependerá da escolha de um dos quatro projetos de pesquisa do Programa, o que também o vinculará à etapa de arguição do projeto de pesquisa. O Programa de Mestrado da FDRP possui quatro projetos temáticos distintos. Eis um breve resumo de cada um e os seus respectivos orientadores e temas gerais de pesquisa (ver lattes para maior profundidade).

a) ACESSO À JUSTIÇA E DESIGUALDADES (12 vagas).

Orientadores:

  • (i) Camilo Zufelato – 3 vagas;
  • (ii) Fabiana Severi – 2 vagas;
  • (iii) Jair Aparecido Cardoso – 2 vagas;
  • (iv) Maria Paula Moñoz – 1 vaga;
  • (v) Paulo Eduardo Alves da Silva – 2 vagas;
  • (vi) Rubens Beçak – 2 vagas.

Total de 03 (três) vagas de concorrência exclusiva da política de ação afirmativa:

Camilo Zufelato – 1 (uma) vaga;

Fabiana Cristina Severi – 1 (uma) vaga;

Rubens Beçak – 1 (uma) vaga.

[1] A representação Discente 2021 tem a seguinte composição: Congregação – Saulo Simon Borges e Marcus Vinicius Bellizzi; Conselho Técnico Administrativo (CTA) – Carolina Lopes Scodro; Comissão de Pós-Graduação (CPG) – Rebeka Lima Cavalcante e Catharina Lopes Scodro; Conselho do Departamento de Direito Público (DDP) – Tatyana Chiari Paravela e Isabella Dorigheto Miranda; Comissão de Relações Internacionais (CRInt) – Renan de Marco D’Andréa Maia e Leticia de Souza Messias; Comissão de Pesquisa (CPq) – Mariana Nascimento Silveira e Roberto Monson Quatrino Neto.

b) AMBIENTES E DESENVOLVIMENTO (8 vagas).

Orientadores:

  • (i) Flavia Trentini – 2 vagas;
  • (ii) Márcio Henrique Pereira Ponzilacqua – 2 vagas;
  • (iii) Maria Hemilia Fonseca – 2 vagas;
  • (iv) Thiago Marrara de Matos – 2 vagas.

Total de 01 (uma) vaga de concorrência exclusiva da política de ação afirmativa:

Marcio Henrique Pereira Ponzilacqua – 1 (uma) vaga.

c) ÉTICA E DESENVOLVIMENTO (7 vagas).

Orientadores:

  • (i) Eduardo Saad Diniz – 2 vagas;
  • (ii) Guilherme Adolfo dos Santos Mendes – 2 vagas;
  • (iii) Juliana Oliveira Domingues – 2 vagas;
  • (iv) Maria Paula Moñoz – 1 vaga.

Total de 02 (duas) vagas de concorrência exclusiva da política de ação afirmativa:

Guilherme Adolfo dos Santos Mendes – 1 (uma) vaga;

Maria Paula Costa Bertran Muñoz – 1 (uma) vaga.

d) INTERDISCIPLINARIDADE E MÉTODOS DE PESQUISA EM DIREITO (6 vagas).

Orientadores:

  • (i) Cynthia Soares Carneiro – 2 vagas;
  • (ii) Iara Pereira Ribeiro – 2 vagas;
  • (iii) Sério Nojiri – 2 vagas.

Total de 02 (duas) vagas de concorrência exclusiva da política de ação afirmativa:

Paulo Eduardo Alves da Silva – 1 (uma) vaga;

Sérgio Nojiri – 1 (uma vaga).

ESCOLHIDO O TEMA, A PRÓXIMA ETAPA É ENTRAR EM CONTATO COM OS TEXTOS DO SEU RESPECTIVO PROJETO DE PESQUISA .

Análise do Edital

            O processo seletivo de mestrado da FDRP-USP exige na, segunda fase, a elaboração de um ensaio acadêmico, o qual trata-se de um gênero textual de menor fôlego de que um artigo, mas um pouco mais desenvolvido do que um resumo, uma resenha ou até mesmo uma mera redação. Sugiro que você procure alguns exemplos de ensaios na internet, leia-os e entenda como eles são construídos.

            Basicamente, o ensaio acadêmico é o espaço em que você discutirá o tema proposto pelo enunciado da questão, fundamentando sua argumentação nos textos do seu respectivo projeto. Aqui, você pode até trazer alguma referência externa (outros textos ou livros que você tenha lido), mas cuidado: a citação de algo que não seja os textos do ensaio deve ser extremamente pertinente e relacionada tanto aos textos quanto ao tema do seu projeto de pesquisa.

            O ensaio possui uma estrutura semelhante à redação ou ao artigo científico, nos quais você defende alguma ideia central (sugiro que ela seja relacionada ao enunciado da questão). O seu texto deverá ter uma introdução (exposição da questão central e seus argumentos, além de apontar a estrutura do ensaio), um desenvolvimento (argumentação) e uma conclusão (a resposta à sua questão central ou, no mínimo, uma conclusão lógica e coerente com seus argumentos – nem sempre haverá uma “resposta” concreta).

            Não há uma quantidade mínima ou máxima de páginas para tanto, mas eu recomendo no mínimo 03 (três) páginas. Qualquer coisa abaixo disso terá uma grande chance de parecer muito superficial para a proposta de um ensaio acadêmico. Considerando o curto prazo para elaboração do mesmo, cerca de 02 (duas) horas, não é uma tarefa tão simples, mas tenho certeza de que se você conseguir estudar da forma como irei propor e absorver o conteúdo, será algo que fará com tranquilidade.

            O objetivo da FDRP-USP não é verificar se você decorou todos os conceitos/termos/definições, mas, sim, se você é capaz de se valer deles para argumentar, relacionando os textos entre si e entre o projeto escolhido.

LEMBRE-SE!

         Segundo o anexo III do Edital, o seu ensaio NÃO PODE CONTER título, autoria, resumo, palavras-chave e referências bibliográficas, para garantir o anonimato.

            O seu ensaio será pontuado de acordo com o a) conteúdo, b) análise crítica, e c) forma adequada. Isso significa (i) domínio das questões pontuadas pela bibliografia, (ii) compreensão dos conceitos utilizados, (iii) capacidade de exposição coerente e crítica dos argumentos e (iv) estruturação correta do ensaio, estilo de escrita (língua portuguesa e normalização).

SUGESTÃO PARA O ESTUDO

Não há uma resposta absoluta para essa pergunta. Aqui, irei expor a forma como eu me adaptei ao processo seletivo e me organizei para absorver e manejar a enorme quantidade de conteúdo que os artigos exigem.

1ª ETAPA: LEITURA GERAL DOS TEXTOS, SEM GRIFAR, ANOTAR OU FICHAR NENHUMA INFORMAÇÃO

            Essa técnica é conhecida como skimming ou scanning, na qual o seu objetivo é extrair uma visão geral e superficial dos textos, se acostumando com a sua linguagem, identificando conceitos e vocabulários que normalmente não estamos acostumados. Essa etapa é ideal para buscar significados de palavras que não conhecemos e referências gerais citadas ao longo do texto que exemplificam e ilustram alguma questão (como uma música, um acontecimento histórico ou fato importante para o artigo).

2ª ETAPA: LEITURA ATENTA – GRIFOS, ANOTAÇÕES LATERAIS E BREVES COMENTÁRIOS SÃO BEM-VINDOS

            Nessa fase, recomendo que a sua leitura seja mais atenta e paciente, sem pressa e sem pular conceitos e termos técnicos do texto. Procure um lugar calmo, sem barulhos e interrupções. Isso pode atrapalhar na completude dos seus raciocínios na hora de estudar os textos.

            Eu particularmente funciono muito bem com papel, e essa fase é uma das mais importantes pra mim, onde eu consigo absorver grande parte do texto. Uma dica valiosa é: como você já vai ter lido os textos rapidamente antes de iniciar os grifos e anotações, procure grifar de uma cor específica aqueles elementos que você perceber que são comuns aos textos, pois irá facilitar muito na hora do ensaio, já que a proposta dele é justamente relacionar os textos entre si e entre o seu projeto escolhido. Recomendo também que grife de uma cor específica os termos ou definições, para deixar mais fácil encontrá-los depois.

3ª ETAPA: SISTEMATIZAÇÃO DOS CONTEÚDOS – FICHAMENTO E LEITURA ANALÍTICA

            A última etapa é a mais complexa, mas é o momento em que você vai decompor todo o conteúdo do texto para entender a sua integralidade.

            Eu adoto um modelo bem específico de fichamento, que consiste em:

  1. Estrutura do artigo [como o autor divide o artigo];
  2. Perguntas-chave;
  3. Pressupostos teóricos [quem ele cita?];
  4. Conceitos e definições [o que ele conceitua/define?];
  5. Decomposição do artigo [como o autor argumenta/raciocina?];

4ª ETAPA: ESCREVA!

            A última fase dos estudos – e a mais importante – é a oportunidade que você terá de errar, de esquecer conceitos, de quebrar a cabeça e de melhorar seus argumentos. NÃO DEIXE PRA FAZER SEU PRIMEIRO ENSAIO NO DIA DA PROVA! Isso pode te deixar inseguro, com medo de errar e te tomar bons minutos da prova, além de poder te fazer esquecer de termos chave para sua argumentação.

            Comece a se perguntar: como o texto 1 se relaciona com o texto 2? E como o texto 2 se relaciona com o projeto que eu escolhi? E responda por escrito! Mesmo que essa resposta só tenha 1 página, ou alguns parágrafos, esse exercício de escrita lhe ajudará a destravar sua memória e te dará uma grande fluidez na hora de desenvolver um texto de maior fôlego – um ensaio, por exemplo 😊. Basicamente, o ensaio lhe exigirá saber a resposta de como os textos 1, 2, 3 e 4 se relacionam entre si e com o projeto Y?

É ISSO! BOA SORTE NA PROVA!


Um comentário em “Processo Seletivo de Mestrado – Edital 077/2021 – Faculdade de Direito de Ribeirão Preto (FDRP – USP) Orientações Gerais de Estudo – 2ª Fase

  1. Olá pessoal, boa noite, tudo bem ?

    Estou prestando o processo seletivo agora de 2021 e gostaria de saber se vocês tem algum modelo de algum ensaio acadêmico que poderiam disponibilizar para ter uma base melhor, mas parabens pela explicação, ela já ajudou bastante!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s